O primeiro dia de aula

Ontem eu não vi o Miguel pessoalmente, mas acompanhei pelas fotos que sua mãe orgulhosamente postou no Facebook, o seu primeiro dia de aula. Não há como negar que ele estava lindíssimo em seu uniforme amarelo e branco. Parecia um principezinho saído dos contos de fada.

A mãe, entre apreensiva e orgulhosa, enfrentava a mesma  situação que todas as mães enfrentam nesse dia, pois deixam em outro ambiente, em outras mãos, um pedaço delas própria, a sua razão de viver.

Muitas crianças iniciam  na escola nesse período, na entrada do segundo semestre, e algumas se ressentem bastante dessa mudança em suas vidinhas. Os primeiros dias de escola são sofridos mesmo, não tem como evitar, muito mais para a mãe do que para a criança, é como se seu coração ficasse dentro da escola, principalmente em se tratando de primeiro filho.

Essa fase de adaptação exige que a mãe tenha maturidade para agir e  dê a ele a segurança de que precisa, pois a criança é capaz de captar a angústia da família, ficando também inseguro.

Estamos falando de emoção e sabemos que não é fácil deixar para traz um filho chorando, mas pode ter certeza de que esse desconforto passa rápido.

A seguir vêm aqueles  momentos deliciosos do seu filho se socializando, você se encanta com o seu progresso… todas as coisas que ele vai aprendendo, as apresentações “maravilhosas” que ele faz. São momentos únicos.

Incrível… Ele está num grupo de crianças e você num grupo de mães, mas você só viu seu filho…  e ele se apresentou unicamente para você.

Por favor, não faltem a nenhuma dessas apresentações…  cancelem todo e qualquer compromisso… a  mãe ou o pai, pelo menos um dos dois, terá que estar presente. Isso é obrigatório… é  fundamental, é a coisa mais importante da vida, para quem decidiu ter filho.

E assim seguem as musiquinhas, as festinhas, as dancinhas.

Quanto orgulho  desse  pequeno  ser.

E na sequência vêm  as cartinhas e a princípio, um pingo pode significar um elefante. Mas os significados se desdobram… e vêm todas aquelas outras folhas rabiscadas, coloridas e por fim o letramento e todas as declarações de amor, possíveis e imaginárias.

Agora, mais do  que nunca, a vida vai girar em torno dele, afinal ele já é uma pessoa com compromissos.

Desejo que essa nova etapa seja coroada de sucessos!

Um grande abraço,

Maria

Digite seu email e receba meus artigos!

 

Não há artigos relacionados

Esta entrada foi publicada em A família no processo de educação, Alfabetização, Pais e escola e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a O primeiro dia de aula

  1. raquel ramos silva merlo disse:

    Maria que palavras lindas, é tudo isso que estou passando, e estou orgulhosa e muito emocionada que o Miguel está ensaiando para apresentar nos dia dos pais já… choro só de pensar neste dia… obrigada pelo apoio e carinho..

    enorme bjos da familia toda aqui

  2. cassia disse:

    É isso mesmo Maria, ótimo para recordar.. e excelente para as famílias iniciantes… bjus

Deixe uma resposta para cassia Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>