Imprecisão

Talvez fosse bom
Seguir com o vento
Nas asas do tempo,
Pra qualquer lugar.

Talvez fosse bom
Se deixar levar
Sem fazer escolhas,
Sem planejar.

Talvez fosse bom
Esse só existir
Sem competir,
Sem querer ganhar.

Com toda a leveza,
Aceitar a vida
Sem programar.

Mas será que a vida assim vale a pena?
Sem rumo e sem lugar?

Mas será que um dia a vida cobra?
E qual será, o preço a pagar?

Poema musicado e interpretado por Carlos Bona na coletânea do CD Poemas Musicados I/2018

Related posts:

  1. “Varinha de Condão”
Esta entrada foi publicada em Poemas, Reflexões e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a Imprecisão

  1. Luis Carlos Bona disse:

    Lindo poema reflexivo/realístico.

  2. Ana Carnielli disse:

    Gostei muito.
    Assim trazemos à tona a reflexão contraditória do cantor:
    “Deixe a vida me levar…vida leva eu…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>