Filhos e hormônios

Lá vai seu filho entrando na puberdade e pré-adolescência. Contesta o que você diz, adora polemizar, questiona, exige um montão de coisas, se sente injustiçado e… começa a fazer parte de um grupo.

E as notas?

Bem, esse é um capítulo à parte. Cada resultado de prova é uma tragédia que se estabelece.

- Tem que haver um jeito para resolver isso.

Alguém tem que acompanhar os estudos:

– O pai vai ensinar matemática e a mãe português.

Tudo parece resolvido e as intenções são as melhores possíveis.

Mas aí é que a coisa se complica.

Pais cansados… trabalharam o dia todo, preocupações profissionais e de todos os tipos. Pai ensina, mãe ensina, mas o filho não corresponde, às vezes parece estar alheio ou  às vezes até presta muita atenção, mas as respostas…as conclusões…

O desgaste é de toda a família nesse momento.

Ninguém da conta disso e naturalmente todos ficam muito nervosos e até se sentem culpados.

Lá se vai a harmonia.

Ninguém merece passar por essa situação: Pais não são professores.

Para a saúde mental da família, os momentos passados juntos deverão ser prazerosos. Zele  pela tranquilidade da sua casa.

Existem outras  soluções…

Um abraço,

Maria Viola Bona

Digite seu email e receba meus artigos!

 

Não há artigos relacionados

Esta entrada foi publicada em Adolescência, Dificuldade de aprendizagem e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Filhos e hormônios

  1. Ana Maria disse:

    Eu gostaria de ter lido isso a alguns anos atras, mas sei que muitos pais vão ser presenteados c essa dica hj.
    Adorei a clareza do pensamento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>