Descobrindo e enxergando o mundo

Há algum tempo atrás  peguei uma reportagem na TV, pela metade, na qual alguns especialistas  aconselhavam aos pais alguns truques para facilitar a viagem com os filhos pequenos nas férias.

Com todo o respeito a esses profissionais, que com toda certeza tinham experiência e boas intenções em relação ao assunto, fiquei perplexa ao ouvir algumas dicas para as viagens de carro a longas distâncias na qual incluíam jogos eletrônicos, alguns brinquedos e uma sugestão para contar os carros que passassem na rodovia. Todas as ideias tinham a clara intenção de sossegar as crianças.

Fiquei pensando: Como é que se tira uma criança, provavelmente de um apartamento,  para fazer com que ela fique presa a algumas das sugestões indicadas?

Porque não despertar nessas crianças o interesse para  Ver o mundo, numa dessas poucas oportunidades que se tem durante o ano?

As margens de uma rodovia constituem normalmente um cenário variado de opções de aprendizagem e crescimento para uma criança.

Você pode ensinar a ela, por exemplo, a admirar as árvores, observando as suas diferentes formas e tamanhos, a enorme variedade dos tons de verde que existe na natureza, os campos, as florestas, os pastos as áreas devastadas, os animais que circulam livremente. Se a opção é contar, vamos contar então a quantidade de bois às margens da rodovia. Os bezerrinhos… que naturalmente  encantam as crianças. Vamos conhecer os cavalos, as galinhas, os patos nadando nos lagos, os pássaros,etc…

Vamos observar os morros e as planícies, as formações rochosas, as cachoeiras, verdadeiros espetáculos da natureza, os rios, as flores e mais uma infinidade de coisas, para as quais é preciso ter olhos para  ver, enxergar, apreciar.

Quanta riqueza, quanto aprendizado perdido, que seu filho poderia ter adquirido de forma lúdica e concreta, se tivesse sido estimulado a conhecer o mundo, em vez de ficar preso a um joguinho eletrônico.

Me lembro que  numa viagem com meu filho pequeno, numa das paradas ele me chamou e me perguntou: – Mãe, o que é aquilo?- Era apenas um leitãozinho, e era na verdade um filhotinho lindo. Meu filho ficou encantado com a descoberta da espécie.

Estamos perdendo o que é simples, verdadeiro e natural para nos tornarmos prisioneiros.

Atenção!

Maria

Digite seu email e receba meus artigos!

 

Não há artigos relacionados

Esta entrada foi publicada em A família no processo de educação e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Descobrindo e enxergando o mundo

  1. cassia maria bonicen da silva disse:

    Adorei seus artigos, ele está ótimo, facil linguaguem e o que é melhor, voce não cita só os problemas, mas nos dá soluções e é isso que muito de nós procuramos. Tenho falado de voce para minhas amigas… Parabens e sucesso.

Deixe uma resposta para cassia maria bonicen da silva Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>