Celebrando a vida

Pablo Diego Inácio de Melo, de 34 anos, é mais um sobrevivente de ataque de tubarão em uma praia no Recife. Ao “Fantástico”, ele relembra o ataque.

Natural do Rio Grande do Norte, Pablo após uma “pelada” entra no mar com os amigos e é atacado por um tubarão.

Na entrevista concedida ao programa o que impressiona é a felicidade do rapaz por estar vivo.

- Estou muito feliz, disse ele.

Desconsiderou totalmente que tinha perdido uma perna, uma mão e uma parte de um  braço e demonstrava a sua felicidade pelo fato de ter sobrevivido. Disse que quando acordou no hospital, local onde foi feita a entrevista, imaginou que tivesse tido um pesadelo, mas logo depois percebeu que não fora um sonho. Ele ria muito e se mostrava deveras agradecido. Naturalmente que a sua vida passaria por uma grande mudança, mas não se ateve a esse fato.

Fiquei imaginando em quantas pessoas poderiam reagir de forma semelhante. Acredito que a grande maioria se sentiria vítima de uma tragédia e estaria absolutamente destruída.

Dizem que “não importa muito o que nos aconteça, mas importa a maneira como reagimos ao acontecido”.

Acho que isso merece uma reflexão.

Até breve,

Maria Viola Bona

 

 

Não há artigos relacionados

Esta entrada foi publicada em Terceira Idade. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>