Arquivo do Autor: Maria Viola Bona

De panelas e lambaris

Na casa da família do filho de imigrantes italianos a polenta fumegava na pesada panela de ferro no fogão a lenha, soltando bolhas de vapor. Era uma cena diária! A menina e os dois meninos estavam habituados à cena comum … Continue lendo

Publicado em Crônica | Com a tag | 1 comentário

Imprecisão

Talvez fosse bom Seguir com o vento Nas asas do tempo, Pra qualquer lugar. Talvez fosse bom Se deixar levar Sem fazer escolhas, Sem planejar. Talvez fosse bom Esse só existir Sem competir, Sem querer ganhar. Com toda a leveza, … Continue lendo

Publicado em Poemas, Reflexões | Com a tag | 2 comentários

Primavera

Prenúncio para os novos dias Que chegam com todas as cores, Com aroma e com as flores Trazendo poesia pro olhar. É primavera que chega Soberana e altaneira Espalhando a beleza Revelando a grandeza Da natureza a vibrar. São sons … Continue lendo

Publicado em Poemas | Com a tag | Deixar um comentário

“Quem não enxerga o que tem vive como se não tivesse nada”

Li em algum lugar, não me lembro onde, e considerei a frase impactante. Ferreira Gullar disse em uma das suas últimas entrevistas que há muitos anos já não fazia poesias, pois o fato tem que surpreender e que ele já … Continue lendo

Publicado em Reflexões | Com a tag , | 2 comentários

Abriram as jaulas, soltaram as feras

Fico observando, nesse período de disputa eleitoral, como o animal selvagem se desprende do animal racional que somos, ou pelo menos que deveríamos e acreditamos ser, e parte para o ataque frontal numa disputa irracional, sem sentido. Realmente a sonhada … Continue lendo

Publicado em disputa eleitoral | Com a tag , | Deixar um comentário

O valor de um sonho

Um fato ocorrido recentemente numa reunião festiva com amigos de longa data levou-me a refletir por dias e dias sobre essa questão do valor de um sonho. O dia transcorreu alegre, com muitos abraços e muitas lembranças. Já no final, … Continue lendo

Publicado em Reflexões, Superação, Terceira Idade | Com a tag , , | 3 comentários

“Quando a vida não oferece escolhas”

Estou terminando a revisão e a correção do segundo livro de minha autoria, um romance intitulado Quando a vida não oferece escolhas, que será brevemente publicado. Li e reli tantas vezes que fiquei íntima das personagens por mim criadas. Às … Continue lendo

Publicado em Reflexões | Com a tag , | 3 comentários

“O Paraiso é uma questão pessoal”

Segundo Richard Bach a realidade do homem é o que ele acredita. Nada mais simples, nada mais complexo. O referido autor inicia o seu livro O Paraíso é uma questão pessoal com a seguinte fala: – É melhor você ter … Continue lendo

Publicado em Reflexões | Com a tag | Deixar um comentário

Compaixão

Por que chora meu coração? Esse pranto tão sentido, Sem sentido, sem razão. -Eu choro as dores do mundo, Eu choro por compaixão. Choro pelos refugiados, Choro pelos desempregados, Choro pela perda da ilusão! Pelas histórias sofridas Que machucaram tantas … Continue lendo

Publicado em Poemas, Reflexões | Com a tag , , | Deixar um comentário

Ilusão

Ilusão Às vezes presa num corpo cansado Com dores por todo lado, Saio livre a flanar Percorrendo céus e terra Velejando pelo mar. Persigo sonhos dourados Que não pude realizar. Dou voltas por esse mundo, Sem pressa de retornar. Passo … Continue lendo

Publicado em Poemas, Reflexões, Terceira Idade | Com a tag , , , | Deixar um comentário